20/03/2020 19h33 - Atualizado em 26/03/2020 14h28

Tenente Portela referenda situação de calamidade pública no âmbito municipal em face ao decreto do Estado


Prefeitura de Tenente Portela decreta situação de calamidade pública como prevenção ao contágio pelo COVID-19

Na tarde da sexta-feira, 20, em uma transmissão ao vivo pela página oficial da Prefeitura de Tenente Portela no Facebook, o Prefeito Clairton Carboni anunciou a publicação de um novo decreto, referendando a situação de Calamidade Pública no município, como forma de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus.

No decreto, fica determinada a suspensão pelo prazo de 14 dias, de todas as atividades comerciais e industriais em todo o território do município, exceto serviços essenciais como supermercados, farmácias, postos de combustíveis, padarias, fruteiras, silos de recebimento de produção agrícola, agropecuárias, incubadora, agroindústria e órgãos de imprensa. Mas estes deverão tomar as devidas medidas de prevenção determinadas pelos órgãos de saúde, assim como os meios de transporte público.

O Prefeito Carboni destacou que em reunião envolvendo o Poder Executivo, Ministério Público, Brigada Militar, ACI e Comitê Extraordinário de Saúde foi decidido criar este decreto, “estamos tomando estas atitudes como forma de prevenção, pois temos a orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS), do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde, sabemos que isso afetará a economia, mas temos sim que, em primeiro lugar, nos preocupar com a saúde pública, com a coletividade, estamos muito preocupados, e por isso estamos tomando estas iniciativas para deixar a nossa população mais protegida”, destacou o Prefeito.

A Secretária de Saúde e Saneamento, Micheli Vargas e o médico Dr. Humberto Diego Rodrigues, membros do Comitê Extraordinário de Saúde do Município, acompanharam o ato e destacaram que este é o momento da população ficar em casa, como a principal forma de prevenção, “estamos organizando os serviços de saúde, em uma grande união entre a Secretaria de Saúde e o Hospital, para atender a nossa população, mas pedimos que não procurem os serviços de saúde sem necessidade, sem urgência, buscamos informações de outros locais, outros países, e estas atitudes podem evitar uma grande epidemia”, disse a Secretária. “A orientação agora é: fique em casa, se cuide, cuide dos seus familiares, evite contato com outras pessoas, busque a higienização correta, faça cada um a sua parte”, destacou o Dr. Humberto.

Mirna Braucks, presidente da Associação Hospitalar Beneficente Santo Antônio, que também acompanhou a divulgação deste decreto, destacou que é preferível pecar por excesso do que por omissão, “o vírus está aí, no país, no estado, e não podemos deixar chegar aqui, não podemos nos expor, um cuidado redobrado com os idosos, evitem aglomerações nas ruas e praças, se a epidemia chegar, não há estrutura de saúde que consiga atender uma grande demanda como está acontecendo em vários países, vamos levar a sério, mas sem desespero”, disse dona Mirna.

É possível acompanhar toda a transmissão através da página da Prefeitura no Facebook/ prefeituradetenenteportela. O decreto na íntegra está disponível no site da Prefeitura, o endereço é www.tenenteportela.rs.gov.br, na aba Prefeitura, Decretos Executivos.

http://www.tenenteportela.rs.gov.br/downloads/decretos_executivos_d7l1c.pdf


Enviar por e-mail Imprimir