19/06/2019 11h56 - Atualizado em 19/06/2019 11h56

Alunos da Escola Marcílio Dias realizam viagem de estudos


 Alunos da Escola Marcílio Dias realizam viagem de estudos


  A Escola Municipal de Ensino Fundamental Marcílio Dias, localizada no Alto Alegre, interior do município, possui alunos de diversas etnias, dentre eles muitos indígenas. Sendo assim, surgiu algumas curiosidades nas turmas do 1 º, 4º e 8ºano em conhecer a aldeia tradicional dos povos Guaranis que fica entre os município de Redentora e Erval Seco, que ainda vivem com  hábitos de origem.

  Esta atividade foi uma expedição investigativa da turma do 8ºano, onde os alunos puderam observar questionar e interagir com a comunidade.

  Após a viagem de estudos, os alunos reuniram-se em uma roda de diálogo, entre alunos e professores na escola, na qual comentaram tudo o que viram e com isso surgiu a ideia do Projeto: Diversidade Cultural, que será coordenado pela professora Jaqueline Fernanda Barboza, com objetivo de possibilitar aos alunos, e a equipe pedagógica envolvida, um contato mais direto com a cultura e conhecimentos peculiares dos índios guaranis que ainda hoje preservam muito de suas tradições.

  “Nosso passeio foi muito importante, pois conhecemos um pouco da cultura Guarani. Percebe-se que eles ainda mantem suas origens. Foi uma experiência muito gratificante, conhecemos novas pessoas e lugares. Estes conhecimentos levarei comigo, pois são um povo unido e que batalham para a sua cultura e seu modo de vida não acabar.” Aluna Tainara Eloisa Peter do 8°ano.

  A turma do 1º ano, juntamente com seu professor Silvério Becker, aproveitaram a oportunidade para realizar a doação de agasalhos e alimentos, como parte do projeto Princípios que Embasam as Ações no Convívio Social, que vem sendo desenvolvido pela turma  

  Já a turma do 4º ano, com a professora Roselaine Maria da Silva Cruz desenvolvem o Projeto da União Faz a Vida em parceria com a UCEFF “Chás, a infusão de aromas, cores e sabores no tratamento alternativo” em andamento, com o objetivo de “Conscientizar sobre a importância da preservação da biodiversidade local, partindo da necessidade e conhecer plantas medicinais e ervas aromáticas, a fim de reavaliar conceitos e buscar sensibilizar através de atitudes simples a educação ambiental”, realizou a pesquisa sobre tipos de chás.

  A Diretora Ana Paula Martens agradece ao povo indígena daquela localidade, em especial ao Cacique Sandro Silva, pela hospitalidade e pelo conhecimento transmitido ao educandário.  

 Alunos da Escola Marcílio Dias realizam viagem de estudos



Enviar por e-mail Imprimir