Histórico


Histórico

O início da exploração das terras do município aconteceu no ano de 1911. Tenente Portela, até 1940 denominou-se Pari, nome de origem indígena, que significa pequena rede de taquara que os índios usavam para pescar.

Nesta época viviam aproximadamente 90 famílias, vindas de diversos municípios como: Bento Gonçalves, Guaporé, Ibirubá, Caxias do Sul, Garibaldi, Palmeira das Missões e do Alto Uruguai.

Junto às famílias habitavam duas tribos de índios: Kaigangs e Guarani, atualmente moradores do Toldo Indígena do Guarita, sob jurisdição da Fundação nacional do índio.

Desde 1940, Pari passou a se chamar Miraguay. Em 1942, Miraguay passou a denominar-se Tenente Portela em homenagem ao primeiro Tenente de Engenharia Mário Portela Fagundes, morto em 1925 na Barra do Rio Pardo, como membro da Coluna Prestes.

O Tenente Mário Portela, era um jovem corajoso, militar e engenheiro que integrava a Coluna Prestes na Revolução que eclodiu no Rio Grande do Sul em 1924.

Em 1944 o então distrito de Três Passos, emancipou-se e Tenente Portela passou a integrar-se a este município, na condição de Distrito Administrativo.

Após 10 anos, Tenente Portela emancipa-se de Três Passos. Em 18 de agosto de 1955, pela Lei 2673, assinada pelo Governador do Estado Ildo Meneghetti, o distrito de Tenente Portela passou a município.

Sua instalação ocorreu em 31 de Dezembro de 1955, tomando posse como Prefeito o Senhor Arthur Ambros.


Enviar por e-mail Imprimir