07/03/2019 8h40 - Atualizado em 07/03/2019 8h44

Secretaria de Saúde mobiliza equipe no combate ao Aedes aegypti

É preocupante o número de focos e a quantidade de mosquitos encontrados


A cada novo verão volta toda a preocupação com a propagação do mosquito Aedes Aegypti, transmissor de três doenças, a dengue, a febre chikungunya e zica. Isso porque as condições de chuvas constantes e calor formam o ambiente ideal para a proliferação do inseto, que deposita seus ovos em recipientes que acumulam água parada.

Secretaria de Saúde mobiliza equipe no combate ao Aedes aegypti

Uma grande mobilização está sendo feita em Tenente Portela, a equipe de Endemias da Secretaria de Saúde e Saneamento faz o trabalho o ano todo, mas neste período, conta também com o apoio dos Agentes Comunitários de Saúde, dos Fiscais Sanitários e da Vigilância Sanitária.

Desde o mês de fevereiro os mutirões de eliminação de focos foram intensificados. Todas as sextas-feiras as equipes realizam uma força tarefa em regiões da cidade. Na última sexta-feira, 1º, a ação foi realizada no Cemitério Municipal e no Bairro Rubino Marroni.

Conforme informações da Secretária de Saúde e Saneamento, Micheli Vargas, é preocupante o número de focos e a quantidade de mosquitos encontrados, pois, só no Cemitério foram recolhidos mais de 50 sacos de lixo com capacidade para de 100 litros, de recipientes inadequados utilizados para vasos, como potes de alimentos, embalagens de vidro, e outros, e também as coroas, praticamente todas encharcadas de água e rodeadas de muito mosquito. O grande problema está também nos vasos fixos, que são de concreto, cerâmica ou outros materiais, sendo estes grandes depósitos de acúmulo de água e, consequentemente de larvas do Aedes.

A Secretária Micheli destaca que a principal ação está no cidadão, “é muito importante a mobilização da comunidade, há um número preocupante de focos, e a grande maioria está nas residências, em depósitos de água da chuva. É preciso que a população se conscientize e faça o armazenamento correto da água da chuva, para que possamos evitar, quem sabe, uma epidemia em nossa cidade”, ressaltou a Secretária.

A Secretária destacou isso em virtude de que em município da região já foram diagnosticados casos de dengue, e, por Tenente Portela possuir um hospital regional, a vida de pessoas para o município pode ocasiona também a vinda do vírus, e um mosquito desses picando uma dessas pessoas contaminada a propagação será rápida.

Secretaria de Saúde mobiliza equipe no combate ao Aedes aegypti



Enviar por e-mail Imprimir